quarta-feira, 29 de junho de 2016

Terra, lugar de preparação para o Céu


A Terra é o lugar de preparação para o Céu. O tempo passado aqui é o inverno do cristão. Aqui os ventos gelados da aflição sopram sobre nós, e as ondas de angústia rolam contra nós. Mas no futuro próximo, quando Cristo vier, sofrimento e lamentação terão fim, para sempre. Então será o verão do cristão. Todas as provas terão findado e não haverá mais doença ou morte. “E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.” Apocalipse 21:4. — Olhando para o Alto, 305 (Meditações Matinais, 1983). Visões do Céu p. 60

sexta-feira, 24 de junho de 2016

A ira

Os que, a qualquer suposta provocação, se sentem em liberdade de condescender com a zanga ou o ressentimento, estão abrindo o coração a Satanás. Amargura e animosidade devem ser banidas da alma, se queremos estar em harmonia com o Céu. — O Desejado de Todas as Nações, 310 (1898).

A ira e a discussão as palavras que na hora do nervoso falamos ou o retrucar só traz problemas para nossa vida, como seria bom se como verdadeiros cristãos exercitássemos o que a bíblia nos ensina sobre o assunto.
Abaixo segue alguns conselhos e citações do livro Mente, Caráter e Personalidade volume 2 falando sobre o assunto:

Muitos consideram as coisas pelo seu lado mais escuro; engrandecem suas supostas ofensas, nutrem a ira, e são tomados de sentimentos de vingança e ódio, quando em verdade não tinham causa real para esses sentimentos. ... Resisti a esses sentimentos errados, e experimentareis grande mudança em vossa associação com os companheiros.
...
...O homem irritadiço por natureza não conhece a verdadeira felicidade e raramente está satisfeito. Está sempre com a esperança de alcançar uma posição mais favorável ou modificar o ambiente de modo que tenha paz e sossego de espírito. Sua vida parece carregada de pesadas cruzes e provações, quando, tivesse ele controlado o temperamento e refreado a língua, muitos desses aborrecimentos poderiam ter sido evitados. É a “resposta branda” que “desvia o furor”. O vingar-se nunca venceu um inimigo. Um temperamento bem regulado exerce boa influência em todo o ambiente; mas “como cidade derrubada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio”.

Ainda falando sobre a ira já no âmbito familiar diz o livro diz o seguinte:

Que danos se produzem na família pelo proferir palavras impacientes, pois o falar impaciente de um leva o outro a retrucar no mesmo espírito e maneira. Vêm então palavras de retaliação, de justificação pessoal, e é mediante tais palavras que um jugo pesado e doloroso é feito para o vosso pescoço, pois todas essas palavras amargas retornarão como funesta colheita para vossa alma.

Palavras duras atingem o coração através do ouvido, despertando as piores paixões da alma e tentando homens e mulheres a quebrar os mandamentos de Deus. ... Palavras são como sementes que se plantam.

Há entre os membros de muitas famílias o hábito de dizer coisas com liberdade e descuido; e o hábito de proferir palavras duras, torturantes torna-se cada vez mais forte à medida em que é tolerado, e assim muitas palavras objetáveis que são proferidas o são segundo a ordem de Satanás, e não segundo a ordem de Deus. ... Palavras escaldantes de paixão jamais devem ser proferidas, pois são à vista de Deus e dos santos anjos como uma espécie de blasfêmia.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Cuidado de Deus #rpsp - Êxodo 18

“De Refidim o povo continuou viagem, seguindo o movimento da coluna de nuvem. Sua rota seguia através de áridas planícies, íngremes encostas, e desfiladeiros rochosos. Frequentemente, quando atravessavam as incultas regiões arenosas, viam diante de si montanhas escabrosas, semelhantes a gigantescos baluartes, amontoados diretamente através de seu percurso, e parecendo vedar de todo o prosseguimento. Mas, aproximando-se eles, apareciam aqui e acolá aberturas na muralha montanhosa, e, para além, outra planície abria-se diante deles. Através de uma dessas profundas e pedregosas passagens, eram então conduzidos. Era uma cena grandiosa e impressionante…E agora, diante deles, com solene majestade, erguia o Monte Sinai a fronte maciça. A coluna de nuvem repousou em seu cume, e o povo, embaixo, espalhou suas tendas pela planície. Ali seria a sua morada durante quase um ano. À noite, a coluna de fogo assegurou-lhes a proteção divina; e, enquanto estavam entregues ao sono, o pão do Céu caía suavemente sobre o acampamento.” (Patriarcas e Profetas pág. 211)

Como é lindo ver a forma como Deus trata com carinho e amor seus filhos, mesmo que durante a caminhada venhamos a olhar um pouco mais a frente e só ver desafios, ao nos aproximarmos na confiança que Deus nos dá veremos que Ele tem nos guiado, nos livrado e protegido, a ponto de podermos descansar na certeza da Sua proteção e na certeza de que Ele nos susterá.

Bom dia a todos!

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Jeová-Níssi #rpsp - Êxodo 17

Uma bandeira é um pedaço de pano grande que alguém coloca em um vara. Soldados carregam bandeiras quando eles vão para a guerra. A bandeira é como um sinal. Ela diz ao inimigo que você está vindo.
#rpsp

Em Êxodo 17:15 quando Moisés fez um altar e o chamou de Jeová-Níssi que significa O Senhor é minha bandeira, ele sabia exatamente o que isso significava para ele e para todo o povo de Israel.

Eles haviam acabado de vencer os Amalequitas obedecendo ao método que Deus havia indicado a ele que executasse para que houvesse a vitória.

O povo de Israel questionou até mesmo se Deus está realmente com eles(Êxodo 17:7) ao se depararem com problemas que se recorressem a Deus teriam livramento. Muitas e muitas vezes em nossa vida temos problemas e lutas semelhantes, a sensação de que os inimigos vão nos vencer, mas se depositarmos nossa confiança em Deus e se obedecermos ao que Deus nos pede venceremos, mesmo que as vezes nos cansemos como Moisés(Êxodo 17:11,12) podemos contar com verdadeiros amigos que também fazem a vontade de Deus para nos ajudar a nos manter firmes.

Erga hoje mesmo a bandeira do nosso Senhor Deus para que o inimigo veja quem luta por nós e tema antes mesmo que nos aproximemos dele.

Um bom dia a todos.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Lições que o Maná nos traz #rpsp - Êxodo 16

#rpsp

Aprendemos coisas muito importantes para a nossa vida no capítulo de hoje de Êxodo 16 sobre o maná(pão que Deus enviou do céu para o povo) pois quando Deus nos pede algo é para o nosso bem, nosso melhor e para nossa própria sabedoria.

Ao pedir que recolhessem o maná apenas para aquele dia e que não armazenassem para outro(verso 4), Deus estava ensinando o povo a não serem ansiosos, não se preocuparem com o diz de amanhã e sim com o hoje e com o que você pode fazer hoje.

Ao pedir que na sexta-feira recolhessem o dobro porque no sétimo dia não haveria pão para recolher(versos 22 e 23), Deus estava ensinando que temos seis dias na semana para correr atrás do nosso trabalho mas no sábado o sétimo dia é dia de descanso, não é dia de comprar, vender e trabalhar é dia santo do Senhor Deus. Precisamos refletir nesse dia a respeito da criação de Deus e adorá-lo nesse dia e reconhecer que ele é nosso Senhor.

Aprendemos também que Deus que é pela manhã que precisamos buscar o Pão do céu(verso 21) e tirar um tempo para a comunhão com Deus e quando fizermos isso saberemos que é o Senhor que nos livra e poderemos ver sua glória nesse dia(versos 6 e 7).


Bom dia a todos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails